O primeiro BINGO a gente nunca esquece

Em grande estilo, então!!!!!!
Nesta quarta-feira fiz um programa fantástico. Junto com algumas amigas fomos a um bingo com chá beneficente da APFCC (Associação Paulista Feminina de Combate ao Câncer), em prol dos pacientes da Oncologia Pediátrica. Ganhei o convite da amiga Márcia. Obrigada Marcinha! Amei.
Sempre que pensava em bingo, pensava em bingo!!!!!!! Mas este foi O BINGO.
Desde a chegada até a saída tudo foi alegre, colorido e muito, muito divertido. Sempre via bingo como passatempo de vovozinhas em encontro de senhoras. Claro que foi um encontro de senhoras, mas de todas as idades: crianças, moças, mulheres e senhoras de idade. Além dos garçons, vi apenas dois homens – de idade – pelo imenso salão vestido de rosa.
Imagino que devíamos ser um grupo entre 400 a 500 mulheres (sou péssima nessa coisa de calcular número de pessoas, mas uma disse que eram 400 outra 500, então, entre 400 e 500 tá de bom tamanho) disputando a canetadas todos os prêmios. Os prêmios merecem um parágrafo à parte:
Desde a minha tão desejada cafeteira Nesspresso com Kit completo, até uma viagem ao Chile (passagem aérea, 3 noites de hospedagem, translado, city tour, seguro viagem, off course, as senhoras de idade!!) passando pela geladeira, TV de LCD, microondas, máquina fotográfica digital Sony, notebook, adega climatizada, passando por vários dias de spas, almoços, jantares, cestas, etcetcetcetc. Tinha também uma viagem a Buenos Aires (com os mesmos acessórios, off course). Liquidificadores, batedeiras, grills, colares de pérolas, celular, casaco de couro, etcetcetcetc. Além de muitos prêmios sorteados pelo número do convite. Muitos, muitos prêmios, doados por empresas, restaurantes, hotéis, lojas, agências.
Jogamos 11 bingadas. A vermelha, a amarela, a rosa, a verde, a azul…….enfim 11 bingadas, com 4 prêmios em cada (uma tinha 5 prêmios, e muitos prêmios eram vários itens. EX: máquina fotográfica + secador profissional + cesta Pati Piva (????). Teve até a rodada do azarão. Aquela em que nenhum número da sua cartela é sorteado.
Só não teve a mesa azarão. A nossa.
Ficamos tentadas a participar do leilão da camiseta autografada do Santos, arrematada pela bagatela de R$ 600,00. Mas como nenhuma do grupo era santista tentamos nos números do bingo até o último prêmio, e nada. Nadica de nada.
Na saída do evento, bem que pensamos em dar uma esticada no shopping e aplacar nossa frustração de voltar para casa de mãos abanando. Mas estávamos sorridentes e felizes. Mesmo que de mãos abanando. Além do dia maravilhoso entre amigas queridas, música e comida de qualidade, a energia contagiante daquele grupo solidário foi mais forte que o resto. Ríamos até daquela mesa que levou váááários prêmios.
Saber que em meio a tanta opulência, um grupo de crianças terá sua dor amenizada foi o prêmio maior de todos. Podíamos estar de mãos abanando, mas o coração e o peito estavam estufados e cheios com a única certeza do jogo: a de poder ajudar crianças com câncer.
Com certeza, o maior de todos os prêmios.

Queria poder concluir a crônica aqui. É o ponto certo. Mas, quando o dia não é de sorte, ele é de azar. Certo? Certíssimo. Pra completar, além de ser uma das últimas a receber o carro (lembram, eram entre 400 e 500 senhoras!!!)não consegui anexar as fotos tiradas do meu celular, já que a máquina fotográfica estava sem pilha e ficou em casa.
Agora vou dormir. Quem sabe amanhã.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s