“Precisamos falar sobre o Kevin”

“Precisamos falar sobre o Kevin” foi a leitura da última semana. Lionel Shriver, autora de “O mundo pós aniversário” tem um jeito muito especial de escrever e retratar suas histórias e opiniões. Expressões fortes e temas polêmicos. Não tem como sair ileso das páginas trabalhadas com o afinco do bom escritor. Enquanto “O mundo pós aniversário”, inicialmente confuso (ao menos para mim) evoluiu para uma história com duas possibilidades e finais, “Precisamos falar sobre o Kevin” é a história de uma mãe que fala de seu filho assassino (versão High School Columbine) que mata e fere colegas, professores……. O tema é pesado, difícil, cheio de questionamentos sobre culpas, sociedade, a maldade humana. O texto é excelente, a história também. Através de cartas, a mãe de Kevin escreve ao pai do menino sobre seus sentimentos, percepções, reflexões e fatos vividos desde o momento em que decidiu ser mãe até a quinta-feira fatídica, dia em que a vida dá uma guinada colossal na vida de toda sua família. O livro transita pelo passado, presente e futuro.
É uma surpresa página à página.

3 comentários sobre ““Precisamos falar sobre o Kevin”

  1. Oi Suzete,Até que enfim encontrei alguém que já leu este livro. Li e achei ótimo. A história é impressionante e de tão bem escrita não parece ser ficcional, mas sim real. O final é surpreendente! Cheguei ao seu blog por acaso e estou achando tudo muito legal! Estou seguindo vc. Vou ficar muito feliz se vc me visitar e tb me seguir.Beijos 1000 e uma semana maravilhosa para vc. http://www.gosto-disto.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s