Sapinho Sapeca

Debruçada sobre o computador fico pensando em tudo que quero e preciso escrever. São tantas ideias interessantes que me agito e me inquieto e fico sem saber por onde começar. Criei várias categorias de temas no meu blog – blogs,  neste momento de migração – que meu trabalho, no mínimo, duplicou. Os textos pipocam na minha cabeça mas quando olho para a tela do computador e estico os dedos para aquecê-los a serem ágeis na digitação, surge aquele sapinho verde fosforescente, de olhos simpáticos e esbugalhados me convidando para novos temas e assuntos. Hipnotizada pelos olhos salientes e seduzida pela carinha sapeca e brincalhona do sapinho verde, o sigo sem pestanejar. Fico zanzando pelo Facebook, abrindo e respondendo e-mails e olhando mensagens lindas, navego em sites de compras e encomendo mais livros em promoção, pesquiso no YouTube  músicas, trailers de filmes e vídeos que quero compartilhar com meus amigos, retorno e tento novamente usar ferramentas para adicionar links, fotos e vídeos  nas minhas postagens, retomo textos inacabados e inicio novos textos estimulada com novas ideias, sempre com o olhar  plugado do meu sapinho verde, agora já empoleirado nos meus ombros e olhando de frente, lado a lado com meu olhar, a grande dispersão e diversão que ele provoca na minha vida expressa na tela do computador. Não consigo entender porque um sapinho! Sapos são asquerosos e gosmentos e morro de medo deles. Mas este sapinho tem sido minha companhia diária. Talvez ele seja um príncipe disfarçado ou um amiguinho imaginário. Talvez a exteriorização da minha criatividade e imaginação. Certeza é sua presença divertida e leviana em cada hora do meu dia. Até quando saio de casa para outros compromissos sinto ele presente. Na bolsa, no ombro, no banco ao lado, flegado nos vidros bisbilhotando o mundo desfilar do lado de fora do carro. Ele fica vidrado nos chafarizes, nos minhocões, nas vitrines de roupas elegantes. Sapequinha este sapinho curioso. Quando volto para casa, sinto ele saltitar a minha frente, feliz com as novidades. Ao retomar minha escrita, ele me olha de frente com aquele olhar esbugalhado e sedutor, pega meu rosto com aquelas patinhas alienígenas e me perco novamente. Mas tenho um palpite: sapinho sapeca, a exteriorização da falta de foco? Ou apenas uma companhia alegre, divertida e criativa. Talvez, meus olhos ao todo à minha volta.  Apesar de adorar sua presença, o danadinho está causando um caos na minha agenda. Tudo atrasado. Até meu tema de casa. O culpado? O sapinho sapeca.

Why I'm Going to Work for Zooomr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s