“O homem que confundiu sua mulher com um chapéu”

Livro interessantíssimo do neurologista Oliver Sacks. Vinte e quatro casos neurológicos descritos “romântica e cientificamente”. Um a um –  pacientes com seus déficits, perdas e excessos – são apresentados de forma humana e suas histórias ganham significado e cor. O texto é bem escrito e um bálsamo para quem convive ou trabalha com pessoas sequeladas por AVCs, Síndrome de Tourette, Parkinson, Alzheimer, Korsakov, entre outros, mostrando novas formas de ver, entender e trabalhar com este tipo de clientela e suas especificidades. “O homem que confundiu sua mulher com um chapéu” é apenas uma das histórias e conta como o Dr. P, um músico talentoso, entendia o mundo à sua volta através da música e não mais como representação de símbolos e significados.  O discernimento do que são as pessoas e coisas se perde mas o Dr. P mantém-se ativo e produtivo até morrer. O texto é uma viagem por termos técnicos, mesmo assim, cativante e interessante. Faz acreditar que, apesar do sofrimento e deficiência, há vida e esperança para vidas colapsadas e lesadas neurologicamente.

4 comentários sobre ““O homem que confundiu sua mulher com um chapéu”

    1. Fica para uma brecha na sua agenda!!!!! Tambm tenho sempre uma lista pra ler. Sei como . Alguma indicao? Tem algum livro que vc recomendaria, que vc leu e gostou muito? At nossa prxima aula. como anda seu blog? Abraos Suzete

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s