Enfim, os convites!!!

 Depois de tanto tempo – em que parece que nada aconteceu, mas aconteceu – é hora de retomar os preparativos do casamento. Hora de distribuir os convites. Hora de fazer visitas, incumbir padrinhos, acionar os correios. A roda do projeto começa a girar e os planos começam a ganhar vida. Arrepios e embrulhos. Foi dada a  largada. Hora de perceber os enganos, de ouvir comentários, de questionar escolhas, de arrepender-se ou alegrar-se. O primeiro passo é convidar e como é bom ver a alegria estampada no olhar surpreso de quem jamais imaginou ser convidado. Desde o início a ideia era fazer uma festa apenas para os mais íntimos. Nada de exageros megalomaníacos. Mas, na hora de definir nomes, surgem tantas pessoas – que mesmo não sendo mais íntimas – foram muito importantes na vida da noiva e do noivo. Então, os convidados parecem se encaixar numa grande colcha de retalhos, cada retalho uma época, um grupo, sonhos, expectativas. No conjunto, espero que a colcha fique harmoniosa e que a festa tenha um colorido que só os convidados são capazes de dar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s