Meu Corpo Sutil

Minhas manhãs de academia continuam em ritmo agonizante. Sinto muito, mas….. As aulas de yoga tem salvado a academia da exterminação total da minha agenda semanal, já que elas são minhas favoritas. Mas tem que ser com a professora Ana Maria (já tentei fazer as aulas noturnas, porém – tenho de admitir – meu nível corporal continua no Básico). São aulas mais relaxantes e focam mais em exercícios respiratórios e pequenas incursões pelo Corpo Sutil. Por mais light que pareça elas tem um poder incrível. Como é uma aula sem grandes movimentos e com muito exercício de reflexão e respiração (com o baixo ventre, com o coração, com o fígado, com os olhos) acabo me centralizando e acalmando. A expressão “Corpo Sutil” é da professora e expressa exatamente o que são nossas aulas. Pura sutileza onde se trabalha a “Sagrada Indiferença” e as “Profundezas das nossas águas”. Parece coisa louca, mas sobre o tatame e ao som das músicas indianas o mergulho neste mundo acontece de olhos fechados e mente aberta. Assim como o poderoso sutra Entrega-Confia-Aceita-Agradece. Mas o que eu realmente tenho adorado fazer é a posição do “Cadáver” no final de cada aula. Literalmente me entrego de corpo inteiro e morro na minha preguiça.

ooooooooooooooooooooommmmmmmmmmmmmmmm, Shanti – Shanti – Shanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s