Me perdoa?

  • Amor da minha vida, tudo bem?
  • Tudo bem mesmo?
  • Hã, hã. Por que? Alguma coisa errada?
  • Errada?
  • É. Errada. O que está acontecendo?
  • Acontecendo? Nada.
  • Fala logo. Te conheço.
  • Tá. Liguei pra sua mãe.
  • E?
  • Pedi pra ela ficar num hotel. Eu não aguentaria conviver com ela um mês inteirinho, com você viajando o tempo todo. Você sabe como ela pega no meu pé. Critica tudo. Diz que minha comida é horrível, que parece uma lavagem, que não cuido bem de você. Vive cobrando netos e insinuando que sou estéril e egoísta. Ela me detesta. Você sabe disso, não sabe?
  • Você está exagerando.
  • Exagerando? Eu? Você é um insensível!É fácil falar quando se sai segunda-feira às oito horas e volta no sábado pela manhã. É fácil falar quando se é o filho perfeito e favorito…. o queridinho da mamãe.
  • Isso não é verdade.
  • É verdade e você sabe disso.
  • Em que hotel ela vai ficar?
  • No “Aconchego Inn”. Me perdoa?
  • Na pensão da dona Marcelina?
  • Foi o mais em conta que encontrei. É por um mês, lembra?
  • Mamãe vai me matar! Você tem coragem de me chamar de insensível?
  • Ela vai adorar. Você vai ver. Tem sempre uma fofoquinha….
  • Você já falou pra ela?
  • Mais ou menos. Ela sabe que reservei um hotel pra ela ter mais privacidade. Mas não disse que seria na pensão da Dona Marcelina. Me perdoa?

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s