Brainstorming Poético

Quando vozes

Se encontram

Numa constelação

Num arquipélago

Filtram a luz na poeira,

Peneram a água nas chamas,

Ouvem murmúrios de poesia.

“não nascemos para saber. nascemos para acreditar… a Grécia pavorosa de Péricles… tudo gira em torno do ato frustrado… uma coragem incendiária… um copo de cólera… paisagem mental do poeta… escrita fragmentada… escrever poesia e viver em prosa… sublime terrível… impregnação filosófica… claros enigmas… luminosidade do cotidiano… estrelado céu dentro de mim… marginal de luxo… Orides Fontela … aristocrata selvagem… pintores escrevem. poetas pintam… o tempo ajusta a expansão da criação… a revolução é erótica e libertária… desonestidade intelectual: escrevo sobre o que conheço escrevo sobre o que vivi… ecos e xavecos… Heitor Ferraz. foram tantos que me mataram, não tenho bocas para agradecer. Tarso de Melo. momento kodak ontem, momento instagran hoje…linguagem fotográfica. poesia marginal, nostalgia esquisita… poesia é fúria e renúncia…Imagética… Jorge de Lima, Francisco Alvin, Cacaso… poesia provençal, contemporânea… poesia é música?um poeta desigual: direito de errar

e

experimentar

formas

novas

.

poesia esvaziada… olhar prozaquiano… palavra maldita: diversidade… vanguarda e neovanguarda, modernismo. Marcos Antônio Siscar… conteúdo produzido… ideia de fim e ruptura… poeta esquizofrênico… cápsulas de letras mortas… faxina na louçania de linguagem… concretismo… Joseli Viana Batista… palavra e expressão profunda do sujeito torturado… verso livre: estereotipado… o mundo se deposita na palavra… não existe inocência na poesia, existe ironia… alumbramento. balbuciamento. telepatia. contemplação… híbrido e fronteiriço… a realidade é plural. plural é o mundo… utopia redentora… pensar-me ainda ser diferente… a vida balança ao léu… agora, homens são coisas. badulaques, penduricalhos… desacelerar as sílabas…terreno baldio: transtorno de vísceras, presságios. a cadeira quebrada. as molduras vazias. ervas daninhas. restos de afetos. desarranjos. o dia perde sua luz. arruína-se. Donizete Galvão”

Drumond, Vinícius,  Quintana,  Murilo Mendes, Cecília Meireles, Mário de Andrade, Eduardo Sterzi, Noemi Jaffe, Frabrício Corsaletti….

uns, reviraram-se?

outros, arregalaram olhos?

que nada!!!!!puxaram a cadeira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s