2013 vem aí. Que seja bem vindo!

feliz 2013

 20012 acabou. Ainda bem. Não que tenha sido um ano ruim. Nada disso. Como dizem, “Entre mortos e feridos salvaram-se todos” ou “Vão-se os anéis, ficam os dedos”. O ano foi dividido por semestre, por dores e angústias, esperança e fé. Ganhos e perdas. Sonhos realizados e postergados. Viagens. Progressos e retrocessos. Erros e acertos. Tentativas e desistências. Pedidos e promessas cumpridas e, não cumpridas. O primeiro semestre se dividiu em dois. Antes e depois de maio. O segundo semestre foi roliço e compactado. Das metas propostas e sugeridas, a maioria ficou em aberto. Talvez uma mega-super-ultra-megalomaníaca-onipotência-exigente. Em 2013 sequer farei listas ou traçarei metas. Acredito que o ano ímpar promete muito. Farei apenas o possível. Já comentei o quanto é mais fácil trabalhar. Reforço aqui minha opinião. Ocupar o tempo,  ocupa o todo, todo o tempo. Por isso decidi que neste ano vou ler, escrever, estudar, me alimentar bem, me exercitar e amar. Nada de quantidades, datas e expectativas. Que diferença fará se eu ler 12, 24, 36 ou 48 livros? Muita, eu sei. Se eu escrever apenas posts para meu blog ou um romance, uma coletânea de contos e poesias? Toda, eu sei. Se vou estudar arte-terapia, poesia, crônica ou micro-conto ou ser apenas uma autodidata? Se vou concluir todos meus artesanatos ou seguir em frente, terminando alguns, começando outros? Se vou retomar a dieta, a academia ou apenas evitar engordar? Volto a trabalhar? Vou fazer algum trabalho voluntário? Decisões a tomar, vontades a gestar e resultados a colher. Todo ano repito o mesmo padrão. Decidi fazer o contrário em 2013. Invés de programar metas no início do ano, vou avaliar os resultados no final do ano. Talvez devesse programar apenas chegar viva e saudável no final do ano. Perdi pessoas queridas em 2012 e descobri que o mais importante é chegar vivo, pois tudo espera ou tem seu tempo para acontecer. Decidi não nadar contra as correntezas, não cortar ondas gigantescas, não almejar picos perdidos na neblina. 2013 será de miudezas e pequenezas. E será ímpar.

champagne no carrinho Um carrinho cheio de um 2013 maravilhoso para todos nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s