Motoqueira, eu?

IMG_6681

Depois de 25 anos às voltas com filhos, trabalho, formação acadêmica e outras sériices, resolvi relaxar. Apenas curtir o que a vida oferece. Continuo produzindo muito, mas me permitindo novos vôos. Conheci meu marido em cima de uma moto. Foi paixão à primeira vista. Por ele e pelas motos. Mas ele insiste em me corrigir: “Motoqueiro é entregador de pizza. Nós somos motociclistas.” Mas prefiro a palavra motoqueira. É mais sonora e me remete ao tempo em que moto era apenas para quem curtia o vento, a natureza e a liberdade. Outros tempos. Quando compramos a moto, há três anos, nossos filhos foram logo dizendo: estão na meia-idade, o que mais vão aprontar? Logo passaram a dar sermões de pai e mãe: se cuidem, não corram ou vão se matar, cuidado com os carros, principalmente os caminhões, e por aí foi. É claro que nos cuidamos e apenas voamos de moto nos finais de semana, curtindo uma paixão antiga com todo cuidado possível. A dois ou em grupo.  As leis do bando se resumem a: siga o líder, tenha disciplina, respeite as regras e o companheiro e tenha sempre espírito de equipe. Nada de egoísmos e individualismos. As regras são de grupo e todos devem segui-las. Dois dedos levantados orientam a seguir em fila dupla ( melhor se for num X), na faixa lateral, ou à esquerda ou à direita da pista. Um dedo erguido orienta a seguir em fila Indiana, entre os carros.  Quando um é barrado pela polícia, paramos todos. Ao nos desencontrar, retornamos todos ao ponto do último encontro. São as regras do grupo menor. Andar de moto é bom? É, mas cobra um preço. Cuidado para este preço não ser impagável. Quer conforto? Vá de carro. Quer ir rápido? Vá de avião. Quer aventura? Vá de moto.

4 comentários sobre “Motoqueira, eu?

  1. Suzete, gosto muito de ver as fotos que postas das aventuras de “motoqueira”,também prefiro esta palavra. Adorei ler teu post e pensei…quem sabe, ainda estou na “lida ” com filhos,trabalho… mas sempre é tempo de tornar um sonho em realidade.Aventura sempre é bom!bjs

  2. Jacinta Zuch

    Amiga “motoqueira” , nunca tive essa paixão, mas em compensação o Zuch e eu adoramos andar num confortável automóvel na retaguarda dos motociclistas. Apreciando muito melhor a paisagem já que a velocidade média é “média” mesmo, ouvindo música, conversando e tomando chimarrão !!!
    Tomara que possamos estar juntos em muitas viagens !!!
    beijossss

    1. Querida amiga! Fico feliz se puder ter vc na minha retaguarda, sempre. Além de ótima companhia, quem vai carregar A MALA, servir um chimarrão gostoso, e, o melhor de tudo, dar AQUELAS risadas? Grande beijo, e até a nossa próxima viagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s