A experiência

Quem diria! Sentada num banco, frente à mesa de um barraco de obra, negociando preço de discos de corte e providenciando a segunda bomba para o rebaixamento do lençol freático. Como cheguei aqui? A história é longa. E, só aceitei o desafio exatamente por isso. Junto com a experiência vem a segurança e a confiança. Criar filhos, enterrar o pai, tratar e curar todo tipo de ferida e doença, estudar-formar-trabalhar-desenvolver uma  carreira, manter feliz um casamento por quase uma eternidade, ser camaleoa pela vida, boa filha-irmã-amiga – assim presumo – … me habilitaram a orçar/comprar ferro,  concreto e acabamentos, escavar terreno, estudar novos equipamentos e tecnologias, contratar e administrar construtor, pedreiros, engenheiro, arquiteta, projetistas, fornecedores. Talvez meu estágio tenha sido a reforma de nossa primeira casa, em 2009. A construção da casa nova é como ir direto pro doutorado. Mas, vamos lá. O que a experiência também me ensinou é que QUERER, TER DISCIPLINA e TRABALHAR torna praticamente tudo POSSÍVEL.

DSC06729

Por isso, cá estou, com os pés e as mãos na obra!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s