O medo da estrutura

Talvez por ser psicóloga e saber da importância da estrutura na formação de uma pessoa equilibrada, ao armar a estrutura e a base da nossa casa, tenho tido lá meus pesadelos. Se algo sair errado nesta etapa, comprometo todo projeto. Teoricamente, o mesmo acontece no desenvolvimento biopsicossocial sadio de qualquer ser humano. É na base – nos primeiros anos de vida, primeiros meses segundo Melanie Klein – que se estabelece a estrutura da nossa personalidade. Segundo alguns teóricos, existe apenas uma brecha – na adolescência – em que se pode acessar e alterar a estrutura da personalidade humana. Muitos rejeitam esta possibilidade. Acreditam que a estrutura seja inacessível: uma vez formada, ela se consolida. O tema é realmente polêmico.

O estrutural de um prédio/casa é o esqueleto no qual todo o resto se acopla e modela. (O corpo humano também se firma no esqueleto; se este quebra, o corpo desaba.) É o concreto e o aço da construção. Depois de erguida a estrutura, sobem as paredes, escadas, portas, janelas, acabamentos. É a identidade da casa que se cria. Versátil e dinâmica, ela pode ser alterada e modificada.

Diferentemente da estrutura de personalidade, a identidade é passível de mudança. Podemos trocar de gostos, opiniões, pensamentos, atitudes. Paredes também podem ser removidas, portas substituídas, acabamentos modernizados. Ou seja, tenho de ficar atenta ao meu novo filhote. Se não quiser ter problemas lá adiante é bom conferir e seguir à risca o passo a passo deste estágio de desenvolvimento. A estrutura, apesar de invisível, é fundamental e imprescindível. É ela quem dá consistência e alicerça todo o resto.

Sempre usei esta metáfora no consultório para explicar a personalidade e mostrar que nem todas mudanças são possíveis. Base e estrutura são fundamentais para a formação da casa-gente e da casa-casa. Quando ela sai capenga, todo o resto entorta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s