Quadrados

Olho quadrados

por todos os lados

Alguns aumentam,

se alargam,

se agigantam

Outros encolhem, espicham.

Duplicam-se.

Linhas circundam espaços,

Os números dão o tom

da régua que quantifica e

dá medida à vida,

ali,

a ser vivida.

De quadrado em quadrado

a vida se constrói.

Os sonhos ganham chão.

O futuro, uma morada.

Vou lá,

morar, viver, morrer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s