Disseram-me

Ninguém lê,
edita ou publica poesia,
disseram-me.
Tento ler,
compro poesias, leio.
Tá certo, entendo pouco do que leio,
mas insisto,
são vezes demais,
Palavras, pensamentos, rimas
complexas, desconexas,
sem nexo,
mas insisto.
Sinto muito não entender,
ou entender tão pouco
de poesia.
Disseram-me também,
que poesia
exercita a mente.
Doce engano.
Ela exercita o coração,
o desencanto,
a fragilidade de ser e viver.
Disseram-me …
Alguém mais lê poesia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s