Um pouco de Jurerê

Chegando, deixe-se levar pela natureza, o ar puro e o silêncio.
Jurerê 779

Jurerê é amor antigo de quase três décadas. A primeira impressão definiu nosso destino. Anos mais tarde, compramos terreno, ou pra plantar nossa velhice, ou nossos melhores momentos. Os anos passaram e Jurerê tornou-se famosa por suas mansões, Ferraris, Porsches, iates, os Beachs Clubs da moda … mas, é a água gentil e simpática – lagoinha de poucas ondas e temperaturas aprazíveis – que traz, ano a ano, um sem número de turistas e novos moradores.

Jurerê 780

Todos os anos, vínhamos xeretar e ver o que acontecia em Jurerê. Tornou-se nosso endereço e acompanhamos do alto e de perto.

Jurerê 782

Existe o Jurerê Tradicional (antigo) e o Jurerê Internacional. Em ambos, é ótimo viver. É no antigo que estão os restaurantes (tipo a Toca de Jurerê), as pousadas e os hoteis tradicionais (Beach Village Jurerê e Pousada dos Sonhos) e de custo/benefício excelente. Tem também aquele buchicho, típico de praia.

Jurerê 784

Nesse centrinho, na parte antiga, tem alguns restaurantes que abrem o ano todo, e outros, só na temporada. A Lucila é tanto padaria, lanchonete e loja de produtos naturais e é uma delícia. E abre o ano todo.

Jurerê 777

Chegando ao Jurerê Internacional, o antigo pórtico dá as boas vindas. Na Estação 261 descobri que se pode viver em Jurerê como veranista ou como morador. Com o cartão fidelidade o preço do restaurante a quilo é de morador – mais em conta – a comida é deliciosa e o ambiente praiano, de muito bom gosto. Pra ter o cartão é preciso comprovar residência fixa. O Serviço de Táxi também funciona na base da fidelidade anual recompensada.

Jurerê 776

O centro de Jurerê Internacional  tem a cara do Open Shopping (shopping a céu aberto) e o Il Campanário.

Jurerê 771

É no Open Shopping que estão as boutiques da moda, sorveterias, o BB, restaurantes, farmácia, wireless, pão quentinho e aquele cafezinho. É também onde acontece a vida cultural.

Jurerê 766

Esta deve ser a passagem de pedestres mais respeitada do Brasil (pelo menos fora da temporada). Durante a temporada, com gente vinda de tudo que é canto, é bom ficar atento. Tem sempre alguém atrasado pra pegar praia, já que as ondas em Jurerê, são marolinhas pra embalar criancinhas.

Jurerê 768

Nos dias mais quentes, a orla de Jurerê fica lotada e congestionada, mas no centrinho, é tranquilo andar e sentar nos bancos espalhados por toda parte. Em um deles, esta senhora faz companhia eterna a quem quiser ficar de olho no movimento da Avenida Búzios (a mais badalada), sem correr risco de conversa fiada.

Jurerê 759

A Torre do Il Campanário. Um resort com luxo na medida certa, bem no centro de Jurerê Internacional.

Jurerê 761

Vários são os Beach Clubs que se estendem e se espraiam sobre a areia de Jurerê. O Simple on the Beach oferece pratos leves, espumantes e drinks deliciosos. Adoro os ambiente com “day beds” e móveis tailandeses no deck frente ao mar.

Jurerê 773

Próximo do meu futuro endereço, Donna. Um Sr. Beach Club. Vale um espumante no final de tarde. Se puder bancar, passe o dia na maior mordomia e sofisticação…

Jurerê 752

o visual e conforto valem à pena. Neste deck …

Jurerê 750

ou sobre a areia. O atendimento é Vip.

Jurerê 751

Seguindo a Av. Búzios …

Jurerê 758

o P12 – do ladinho de casa – Clube e Casa de Shows e Eventos. O barulho do bairro.

Jurerê 756

Algumas das mansões de Jurerê, do ladinho do Donna.

Jurerê 748

O Passeio dos Namorados separa as casas da Área de Preservação Natural e o mar.

Jurerê 746

Pra babar e encher os olhos.

Jurerê 753

Ao fundo, a subida apertada para a Praia do Forte. Praia de pescadores onde compramos ostras, peixes e camarões fresquinhos.

Jurerê 747

O Passeio dos Namorados. Pra quem não quer caminhar na areia da praia. Iluminação à noite e sombra durante o dia.

Jurerê 745

Meu point diário e futuro endereço. A obra segue, dentro do cronograma.

Jurerê 720

Chegando à prainha … o paraíso.

cropped-dsc06623.jpg

cropped-dsc06638.jpg

Nas minhas andanças por Jurerê, descobri estas Esculturas do Vento num empreendimento abandonado.

Jurerê 785

Vi pela primeira vez este tipo de esculturaa, em Napa Valey, USA. Foi amor à primeira vista!!! Foi então que definimos que escultura usaríamos em Jurerê. Ter encontrado quatro delas a duas quadras de onde estou morando, pareceu um presságio muito promissor. E sim, estou de olho – e de guarda – nelas.

página de scrap
página de scrap do post “Ligeiramente exagerada”

Se você também gostou destas esculturas, assista aos videos abaixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s