De volta pra casa

Viajar é tudo de bom! Mas cansa! Na volta, é difícil saber por onde recomeçar. Roupas pra lavar, guardar, passar; casa pra arrumar; despensa pra abastecer; trabalho e emails pra colocar em dia; contas pra pagar; telefonemas por fazer … enfim, a vida segue, não espera e a gente precisa correr atrás. Nesta última viagem, tentei inovar: a ideia era ir fazendo o álbum (um smash) enquanto viajávamos. A ideia era boa, mas na prática, não funcionou. Voltei com menos de 10% feito, sem contar, que acabei não fazendo o diário. Eram tantos folders, ingressos e outros materiais, sem contar as fotos – tanto as Polaroid, quanto as digitais – que me atrapalhei toda. O que tenho agora é um grande mosaico de informações que precisam ser ordenadas. Quanto às fotos Polaroid, foram uma grande decepção. A maioria das fotos externas estouraram. Algumas sequer saíram. Já as digitais precisam ser selecionadas e impressas e os demais materiais preparados e recortados. Ou seja, o mesmo trabalho de sempre.

smash de retorno

Certamente o roteiro da viagem e as fotos serão as migalhas do caminho. A partir delas vou tentar reavivar os dias e noites cheios de passeios, brindes, lugares, pessoas e fatos que transformaram 12 dias em 12 dias inesquecíveis.

restaurante em Reims

Como nem tudo é possível fotografar e registrar, a certeza de que o essencial ficará na memória e no coração.

sacre coeur

E é isso que conta!

na França

Agora, mãos à obra! Antes que as migalhas se esparramem e se percam por aí.

Um comentário sobre “De volta pra casa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s