Se eu pudesse

Se eu pudesse

nem respirava

Se eu pudesse

sequer abria os olhos, engolia, ouvia, sorria.

Se eu pudesse

morreria num sono profundo.

Depois acordaria e faria tudo exatamente igual.

Até que morta de cansaço

morreria num sono profundo mais uma vez.

Mais tantas vezes, pudesse.

Morreria de tanto viver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s