Qualquer dia …

2a , que poderia ser 3a , qualquer dia da semana.

Amanheço cansada e desanimada.

Quando avisto o horizonte da semana, tremo em partes.

Começos assustam.

Algumas partes se excitam.

O ar de semana nova convida a abrir o cadeado e sair da mesmice de todos os dias e semanas.

Apesar do corpo engaiolado e aprisionado,

a promessa chega de mansinho como o sol que nasce

e depois se põe, devagarinho.

Importa ter a coragem de puxar as cortinas, abrir as venezianas e escancarar os vidros.

A sinfonia da natureza é um espetáculo sensorial cativo e diário: o chiar do sol, o rumor do vento, o cantar dos pássaros, os sons do silencio, o rugir das ondas, o resfolegar dos galhos, arvores e flores.

A preguica é uma gaiola sem janelas ou vistas panorâmicas.

A porta, única passagem para o universo vibrante que todos os dias prometem ser.

Permita-se passagem. Atravesse.

Do resto, o universo se encarrega.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s