Lava Jato – algumas considerações

Do olho do furacão, vejo pela primeira vez, nesgas nebulosas, porém intensas, de esperança e mudança em nosso país. A Lava Jato chegou onde nenhuma outra investigação chegou. Chegou em Lula, que desesperado, incita seus companheiros oportunistas/fanáticos/ignorantes a partir pra guerra, a fim de defendê-lo. Defendê-lo de que? Se ele nada deve, nada deve temer. Porque este teatro todo? Porque ele, um homem do povo, sente-se tão ofendido por ser intimado – via condução coercitiva – quando mais de 100 outros homens do povo – entre executivos, presidentes de empresas, trabalhadores – também o foram? Como engolir o performático choro de Lula ao lado do risinho cínico de Rui Falcão? Imagino que Lula acredita – delirantemente – ser um semideus intocável e inquebrantável. Alguém deveria avisá-lo, que ele nada mais é do que um reles mortal, sujeito à constituição e às leis de seu país, como qualquer outro brasileiro. Ser ex-presidente não o exime de respeitar valores e princípios morais da sociedade em que vive. Pelo contrário, deveria ser ele, caso fosse homem íntegro e correto, servir de exemplo à nossa população carente que ele tanto enganou. Belo exemplo!!!! Mas, pelo visto, a máscara do homem mais honesto do Brasil começa a cair desavergonhadamente e seu discurso vazio e mentiroso, começa a desintegrar-se quase que instantaneamente. A verdade é poderosa demais para que sua megalomania resista por muito tempo. Imagino, que ao final de todo este processo – que ele, febrilmente, mandou enfiar no cu – restará apenas cacos de uma fábula (ou conto de terror) do que um dia foi um proletário tornar-se presidente de uma República. Lula faz por merecer o papel que a história lhe impingirá. A Justiça e o País tem ainda um longo caminho a percorrer, mas vislumbro a retomada do crescimento, um Brasil melhor, mais justo, mais digno, mais humano e correto. Nosso povo merece este futuro.

foto da internet
foto da internet

Sou esposa de ex-executivo de duas das empresas denunciadas pela Lava Jato, mãe de uma filha que trocou o Brasil pela Austrália e de um filho – engenheiro como o pai – que começa a traçar planos e girar o globo em busca de um destino e um novo futuro, tenho algumas considerações a fazer. As empresas de Engenharia Pesada nacionais, estão paralisadas. Pra não dizer quebradas. Possivelmente 95% dos meus conhecidos – que labutavam noite e dia – em grandes obras de infraestrutura, estão desempregados. As obras estão paradas. Os contratos não existem mais. Possivelmente, estas empresas terão de aprender a funcionar sem a dita propina. Assim como elas, toda uma rede de fornecedores e profissionais passarão por uma readequação. Muitas destas empresas, possivelmente irão desaparecer. Fechar as portas. Um ciclo se fecha, outro deve surgir. Para quem não sabe, o Brasil forma engenheiros de primeiro escalão. Os mais jovens e melhores devem emigrar. A violência urbana tornou-se uma guerra urbana. O mercado financeiro está parado, esperando pelo que virá. Os bancos privados também. Porque os bancos públicos jájá serão engolidos pelo furacão. Eles também tiveram seu papel e sua importância ao projetos do PT. Com a economia parada, o desemprego assusta e cresce. A recessão joga o país na lona, tripudiado pelos mandos e desmandos de um governo perverso, que só quer se manter no poder, indiferente aos sonhos de um povo alegre e sorridente, cada dia mais incrédulo com o que fizeram com seu país, sua pátria mais que amada. O que esperar do futuro?

Depois da tempestade vem a bonança, certo? Espero que sim.

Espero principalmente que nosso povo aprenda a votar. Tá mais do que na hora de expulsarmos políticos corruptos e ladrões de qualquer cargo ou função, em qualquer biboca do país. Precisamos exterminar este câncer que flagela nosso povo, paralisa e empobrece nosso Brasil. Precisamos retomar princípios e valores e enterrar de vez, a famosa Lei de Gerson. Não podemos permitir qualquer espaço para a pequenez deste princípio. Uma reforma política será necessária? Não tenho a menor dúvida quanto a isso. Político corrupto deve ser banido da Política Nacional. Oito anos inelegíveis é NADA pra falta de caráter e moral. Questiono questões de regeneração. Personalidade e caráter são estruturais. Não dizem que é de pequeno que se desentorta o pepino?

Pra finalizar, algumas perguntas que não querem calar:

Como Lula, um homem que recebeu quantias exorbitantes em dinheiro das empreiteiras investigadas na Lava Jato (falta pouco pra provar o que muitos já sabiam), recebeu fortuna por palestras que ninguém ouviu, vive de aluguel, frequenta imóveis – que não são seus – como se fossem seus? No mínimo, um sujeito muito enrolado, pra não afirmar, o óbvio. Quem não tem seus imóveis em seu nome, está escondendo algo, ou algo de ilegal acontece com seus imóveis, certo? Como Marisa, sua esposa, consentiu em sair do Palácio da Alvorada, sem ter Sua casa, Sua vida? Toda mulher quer um teto pra chamar de seu. Não conheço viv’alma que goste de viver de favores de amigos e parentes. Cada um quer ser dono do seu quadrado. Dá pra imaginar, um ex-presidente vivendo de aluguel, ganhando o que ele ganha, por ser “O Cara”? Não, não dá.

Tem muita verdade querendo ser encontrada.

foto da internet
foto da internet

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s