Cicatrizes

Cicatrizes no cérebro,

cicatrizes no corpo,

cicatrizes no coração,

cicatrizes na alma.

Alguém pode me dizer que diferença existe entre elas?

E de quantas outras mais?

Todas cicatrizes purgam.

As minhas choram. Gritam. Esperneiam.

Querem ser notadas.

Mesmo escondidas ou encarceradas .

Todas insistem na neutra e nebulosa invisibilidade.

Numa enganosa e deprimente negação.

Um dia,

Se e quando tiver coragem

Uma “vernissage” muito bem representaria

o multicolorido e multifacetado remendo dos meus pedaços.

Imagino o horror e o prazer

Imagino a beleza do bizarro exposto

Numa moldura dourada de paspatu de linho.

Pedaços meus, teus, nossos.

De toda a humanidade,

preencherão paredes, corredores, salas, casas, prédios.

Cicatrizes humanizadas. Todas as temos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s