Casa de praia

Quando se vive em casa de praia, a gente se diverte muito

– muito menos do que o mundo imagina -.

A gente vai pouco à praia, porque tá logo ali.

Então amanhã, depois, sempre, vai ter dia para ir, e quase nunca vai.

A gente recebe visita, amigo, parente. Come, bebe, dorme. Compra demais. Lê de menos. Descansa de menos. Menos do que gostaria. 

Tudo pode ser e normalmente é, demais. Ou, de menos.

A gente – quase sempre – nem percebe o quanto que fez.

Ou faz. Ou, está fazendo.

Talvez no inverno sobre tempo pra viver de verdade a temporada na casa da praia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s