Engolidos

Cuidado: Jurerê pode nos engolir!

Quando a gente vê, está de Havaianas e vestido rasgado no shopping,

calça apertada, cabelo espigado. Fora de corte.

Fora de moda.

Fora de cena. Em todos os sentidos e aspectos.

Tudo se resume à casa, praia, bairro.

Aqui a gente se basta.

Aqui a vida se compacta.

Jurerê se agiganta e nos completa.

Os vizinhos mais presentes são os lagartos,

as corujas, gaivotas e gralhas azuis. O mar.

Esporadicamente, golfinhos apontam no horizonte.

Absorvidos na bolha, o mundo nos assalta, quando chega a temporada.

Nos embrenhamos, todos,

de lagartos a golfinhos, em nosso mundinho

reduzido na mais íntima clausura.

A tranquilidade dos dias ganha a noite para revermos amigos, hábitos e vícios.

Somos engolidos pela humanidade que existe no simples existir.

Nos reconhecemos como iguais. E,

todos, absolutamente todos,

aguardamos a temporada acabar, o bairro silenciar, e a bolha, enfim,

se fechar.

IMG-6510

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s