Cuidados

O céu de hoje esteve esplendoroso

azul rajado de nuvens, cruzado de fragatas e gaivotas.

O mar verde, puro deleite. A água, geladézima.

Os turistas, me pareceu, pouco se importaram:

Aventuraram-se.

Na areia, um cemitério de peixes e o alvoroço de corvos e abutres. A festa.

Caminho focada no coração.

Compulsões e perdições. Decepções.

O coração sofre. Tenho de me cuidar.

Cardumes de piranhas se alvoroçam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s