Restos

Ando eu aqui às voltas com meus crochês. Dando volta nos fios de linha sobrados de trabalhos feitos até então. Restos. Sobras. Como reproveitá-los? Vou encontrar um jeito, sei que vou. Tudo, absolutamente tudo, pode ser consumido e exaurido até se esgotar. Do fio ao pavio. Do amor ao ódio. Do tudo ao nada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s