Os livros lidos em 2019

Diferentemente do que fiz em 2018, quando apenas relacionei os livros lidos durante o ano, em 2019 a ideia era fazer um breve comentário/resenha sobre o livro lido.

  1. Não foi bem assim – verdades e cicatrizes de um julgamento – Francisco Almeida Prado
  2. Amor Líquido – sobre a fragilidade dos laços humanos – Zygmunt Bauman
  3. Sociedade do Cansaço – Byung-Chul Han
  4. Antologia Poética – Mario Quintana
  5. Preparativos de Viagem – Mario Quintana
  6. Velório sem Defunto – Mário Quintana
  7. Baú de Espantos – Mario Quintana
  8. Paris para dois um e outros contos – Jojo Moyes
  9. Caderno H – Mário Quintana
  10. Muito além do inverno – Isabel Allende
  11. Presente do mar – Anne Morrow Lindbergh
  12. Cuca Fundida – Woody Allen
  13. Memórias, Sonhos, Reflexões – Carl Gustav Jung
  14. Em busca da verdade – Tania Lopes
  15. O pai da filha morta – Tiago Ferro
  16. Canção de ninar – Leila Slimani
  17. A arte da guerra – Sun Tzu

Em abril decidi cancelar o blog, parei de escrever e voltei a fazer apenas a lista dos livros lidos, e então, num domingo à tarde, entre taças, espumantes e vinhos, acabei perdendo a lista. Estava marcando o 48º livro lido no ano. Sinceramente, acho que vai ser muito difícil lembrar tudo que li. Vale a tentativa.

  1. A cerimônia do adeus – Simone de Beauvoir
  2. Pequenos incêndios por toda parte – Celeste Ng
  3. Tudo no mundo começou com um sim – vinte mulheres escrevem – Antologia (participação)
  4. Do que antes nunca tarde – Antologia (participação)
  5. Pedro Páramo – Juan Rulfo
  6. Otelo – Willian Shakespeare
  7. Os amantes da fronteira – Tiago Novaes
  8. Livro – José Luís Peixoto
  9. Desonra – J.M. Coetzee
  10. As entrevistas da Paris Review
  11. Léxico familiar – Natalia Ginzburg
  12. Diários – Susan Sontag
  13. Diários II – Susan Sontag
  14. Madame Bovary – Gustave Flaubert
  15. Teoria King Kong – Virginie Despentes
  16. Sem trama e sem final – Anton Tchékhov
  17. Contos de cães e maus lobos – Valter Hugo Mãe
  18. Sobre a escrita – Stephen King
  19. O milagre da manhã – Hal Helrod
  20. Um útero é do tamanho de um punho – angélica Freitas
  21. A verdade é uma caverna nas montanhas negras – Neil Gaiman
  22. Argonautas – Maggie Nelson
  23. Mulheres – David Coimbra
  24. Ikigay – Ken Mogi
  25. 41 inícios falsos –Janet Malcoln
  26. Um teto todo seu – Virginia Woolf
  27. Um artista do mundo flutuante – Kazuo Ishiguro
  28. Semente de bruxa – Margaret Atwood
  29. fechei o guarda-chuva pra encharcar a alma – aline lenz
  30. Palmeiras selvagens – William Faulkner
  31. eleanor&park – rainbow rowell
  32. A vida secreta das abelhas – Sue Monk Kidd

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s