Preguicite Aguda

Ando sofrendo desta anomalia. É verão, o calor está infernal, minha pressão arterial deve estar às voltas com o Hyperium 1mg e, estou de férias. Perfeito para não fazer nada. Ou quase nada. Por mais que a proposta fosse o genuíno “nadismo”, amanheci com o espírito natalino esgotado, a árvore e os adornos da festa vermelha cheia de presentes me intimando para recolhê-los, encaixotá-los e levá-los à escuridão e silêncio do subsolo. Aproveitei aquele momento de rápida recuperação e me lancei à tarefa excruciante de recolher papais noeis, velas, candelabros, bolas, pisca-piscas, adornos, a própria árvore. Agora com 3,60m de altura. Haja disposição. Meu velho hábito de deitar e relaxar de tempo em tempo foi colocado em prática. Haja pés, pernas, braços e coluna para suportar e organizar o espólio natalino de toda a vida. Diria que hoje dei conta de 80%; amanhã é dia de empilhar caixas e decorar a casa para o verão. E aí, é hora de retomar a preguicite aguda de sã consciência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s