Retomando, revisando, reprogramando

Outro texto antigo de 14/11/2021 escrito e não publicado. textos do período em que o WordPress estava com problemas. Ou seria meu computador? ou seria eu? importante que está aqui, pra me fazer relembrar o que foi o ano de 2021.

A fase não é das melhores. O dia é de mau humor. É domingo. 14/11/2021. Ando dolorida: joelho direito entravado, nervo ciático inflamado e as emoções pululando. Acabei do voltar do RS (82 anos da mãe + tomografia do crâneo + exame cardíaco). Antes estive uma semana na Praia dos Carneiros (80 km do Recife) em Pernambuco, com amigos da Caminhada de Santiago de Compostela + Maurício e Hortência. “Cadê Susi” era o chamado diário de Lígia, nordestina da gema, que adora uma festa, muvuca, barulho, música. Enquanto isso, Susi estava refugiada onde o silêncio conseguia penetrar. Nesta reta final, a ideia é fechar ciclos, terminar trabalhos, consumir materiais. Certamente tenho me esforçado. Me esgarçado. Me sobrecarregado:

  1. O jardim da casa de minha mãe no RS está 80% pronto. O sol forte, a falta de chuvas e o verão que se inicia nos sugere uma parada. A retomada ficou para março de 2022. Retomada e revisão: alguns setores merecem novos olhares, um ajuste aqui, outro acolá. Está ficando prático, lindo, mas principalmente, convidativo.
  2. A casa de minha mãe vai precisar de uma nova investida e renovada. A recém contratada faxineira Ivete, tem sido uma benção (como diz minha mãe). Por enquanto ela mantém, avança alguns ambientes e evita que a casa volte ao que era antes de 2020. Para lá, poucas ideias. Por enquanto, lavar, limpar, organizar, sucatear materiais antigos e reaproveitar as sobras da casa de Lajeado e o apartamento de São Paulo (Felipe).
  3. A casa de Lajeado foi alugada pela segunda vez este ano. Espero que o segundo casal (um psiquiatra e uma dentista se adaptem e se apaixonem pela casa, jardim e bairro e comprem a casa após um ano de contrato, apesar de sentir  falta do meu eterno refúgio. Quando penso que deveria desopilar e dar um tempo na vida, me vejo naquela casa. Dias atrás passei pela lateral e vi que está tudo em ordem. Me surpreendi com o sistema de segurança colocado no local (cerca eletrificada e muitos cartazes de vigilância monitorada). O lugar onde me sinto amada, acolhida e protegida desperta medo e insegurança nos estranhos. Que assim seja.
  4. A casa de Floripa precisa de um gigantesco trabalho de pintura, faxina, limpeza, organização, sucateamento e reaproveitamento de materiais. Depois de 30 meses cercados/ abraçados por construções e reformas das casas dos vizinhos mais próximos, começo a vislumbrar dias sem barulho e poeira e o tempo necessário para transformar a casa tornando-a do jeito que sempre sonhei. Alguns móveis novos à vista.
  5. Neste meio tempo, estou liquidando todo material do ateliê. Dos 30kg de argila, devo ter algo em torno de 500gr para trabalhar. Como a argila é atóxica, estou finalizando algo em torno de 60 peças utilitárias que podem servir pratos, ir ao forno ou micro-ondas, ser presenteados e fazer parte da louçaria da casa. A argila ganhou forma. Algumas já foram queimadas, outras estão na esteira e as últimas estão sendo moldadas ou secando. Depois vem a esmaltação, e por fim, a última queima. Dezembro promete o encerramento deste ciclo. Depois, lavar e limpar os materiais e acomodar nas prateleiras e aguardar novo ciclo cerâmico.
  6. Esta semana devo finalizar a manta de crochê. Um trabalho entremeado com as séries da Netflix ou Prime Vídeo. A presenteada da colcha será ou a Vivi, ou a Simone. Daí me esbaldo na colcha dos círculos de crochê. Sem previsão de término. Junho de 2023, uma possibilidade.
  7. Também nesta semana, a ideia é preparar os pilotos de velas e velas redondas. Muita vela acabada precisando de reciclagem.
  8. Decoração de Natal e início dos preparativos para Natal.
  9. Felizmente, os aromatizadores de ambiente foram feitos e já perfumam a casa.
  10. O consultório vai bem. Ainda atendo muito mais via online do que presencial. Tenho escrito pouco. Estou lendo na média. Meu computador está em fase terminal. Idem para meu telefone.
  11. Minhas emoções? Em pandarecos. Mas hoje, é melhor deixar tudo como está. Amanhã será um novo dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s