Atendimento individual online

Atendimento Online – Vc sabe como funciona?

Depois de quase 3 anos convivendo com os atendimentos psicoterápicos online, primeiro como paciente, depois como psicoterapeuta, penso ser interessante escrever sobre as reflexões e conclusões que a experiência me proporcionou.

Não é um texto técnico.

Aliás, não li nenhum texto ou livro sobre o assunto, e escrevo a partir da minha vivência e experiência. Acredito que muitos estudos serão escritos sobre o assunto. Enquanto isso, vou aprendendo com a prática. Escrever sobre o tema é abrir espaço para o debate e reflexão.

Atendo nas duas modalidades: presencial e online.

Como tudo na vida existem os prós e os contras para ambas as modalidades.

Foram mais de 30 anos atendendo presencialmente. Nunca atendi no divã. Gosto do olho no olho. O corpo, as expressões, posturas, ritmos, olhares, roupas, manias, FALAM. Muitas vezes gritam. Um psicólogo atento lê esses sinais, interpreta e os usa durante a psicoterapia. O setting terapêutico – que nada mais é do que como funciona a sessão, combinações e contrato terapêutico – é outro aspecto a ser trabalhado pelo psicólogo: faltas, atrasos, não pagamento, silêncios, desvios de tema, atos falhos, omissões, esquecimentos, choro, gargalhadas ajudam o profissional na percepção do comportamento do paciente. Como dizia uma antiga supervisora “90% de tudo que vc precisa saber sobre seu paciente acontecem na primeira sessão.”

Olho, intuição e atenção no modo extremo.

Corroboro com a opinião da minha supervisora. Mas, é obvio que quanto mais tempo vc atende alguém, mais detalhes vc terá para entender e ajudar seu paciente. As reações, mudanças de comportamento, utilização variada ou não dos mecanismos de defesa, fuga de temas, a quantidade de informação obtida na própria relação terapeuta/paciente, na relação transferência e contra-transferência são guias fundamentais para o sucesso ou fracasso de qualquer terapia.

Grande parte disso fica prejudicado no atendimento online. Prejudicado: não extinto.

Muito do enquadramento presencial é mantido, basta atenção e experiência. O mesmo que para o atendimento presencial. Às vezes, elefantes voam pela sessão e o psicoterapeuta não vê/percebe. Bom saber que, independente da percepção do psicoterapeuta, o paciente vai continuar trazendo os temas(elefantes) até serem percebidos e trabalhados.

A maior parte dos pacientes online usam o Whatsapp, Skipe ou Face Time como mídia para o atendimento. É prático e quase todo mundo tem. Diria que o Whatsapp é o mais usado. No pequeno enquadramento do visor do telefone, que é o meio mais usado pela maioria, vc vê apenas o rosto do paciente, e o paciente, o seu. Existe o Zoom e o Meeting; pouco usados. A maioria tem dificuldades com estes aplicativos/ ferramentas (inclusive eu). Acaba prevalecendo o que é mais prático e conhecido.

Por outro lado, nos atendimentos online, a gama de facilidades para acontecer o atendimento contrabalançam com as dificuldades: disponibilidade de horários é absurdamente maior; já atendi paciente às 6:30h, as 21:00h, no sábado de manhã, algo inimaginável no atendimento presencial, onde vc depende da disponibilidade da sala de atendimento, do horário da clínica, da possibilidade de deslocamento casa/consultório. No atendimento online, vc e seu paciente estão onde precisam estar: cada um na sua residência, conectados um ao outro via internet. Não há interferência do trânsito, não há perda de tempo buscando a roupa perfeita para a ocasião (cansei de atender arrumada apenas da cintura pra cima), não há gasto com sala de atendimento, estacionamento, variedade de roupas e calçados. Quando o paciente não comparece, vc pode colocar em dia qualquer afazer doméstico ou profissional (costumo mandar uma mensagem no dia do atendimento para relembrar o paciente do seu horário, procedimento muito comum entre médicos e outros profissionais de saúde). Em caso de falta, costumo mandar um recado, caso a sessão tenha sido confirmada, de que estou no aguardo do paciente até o final do horário agendado. Todos são avisados sobre o pagamento em tais casos, assim como acontece nos atendimentos presenciais.

Uma das maiores vantagens do atendimento online é a grande variedade de horários e locais disponíveis para atender. A única variável é o seu tempo e do seu paciente. Já atendi paciente sentado no próprio carro, no seu local de trabalho e até com o paciente fazendo sua caminhada diária. Pacientes naturais do Brasil, mas que moram no exterior, podem manter seus atendimentos sem problema algum.

Acredito que o ideal seria fazer um mix de sessões online com algumas presenciais. Atendo muitos pacientes assim. Em algum momento do atendimento online, a sugestão de que se faça uma sessão presencial, tem sido sempre muito bem vinda. Se bem que, dias atrás, dei alta para uma paciente em atendimento online, após dois anos. Nunca nos vimos presencialmente e avalio o resultado da psicoterapia dela como na média de todos os outros.

Importante ressaltar que esse é o universo das sessões online individuais.

Mas como funcionam as sessões de casal, criança ou adolescente?

Segue num próximo post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s