Assumindo os cabelos brancos 2

Bem que tentei!!! Não consegui. Fracassei. (pela segunda vez) Fui precipitada, apressei o processo, descolori o cabelo. Me transformei – em poucas horas – numa vovó de cabelos brancos esturricados e mal cortados. Fica a dica: quando decidir assumir seus cabelos brancos, relaxe e espere pacientemente. A natureza tem seu tempo. Respeite-os: o tempo, a…

Assumindo os cabelos brancos

Difícil precisar o que determinou a decisão de assumir meus cabelos brancos. Um misto de rebeldia e maturidade me parecem bem pertinentes. Também a constatação de que ficaria careca se não parasse de intoxicar meu couro cabeludo – a cada 15/21 dias. A coceira pós-retoque me alertava sobre os riscos da química das tinturas de…

sobre gordos e magros

Admiro as gordas que se deliciam com gostosuras na padaria. Admiro as magras que malham e comem filé de frango com alface. Gordo se virando com alface e filé de frango, eu até admiro. Mas, magro se fartando de doce é revoltante.

Caponata Siciliana

Pra inaugurar uma nova Categoria – em Coisas de Mulher – Forno e fogão – uma delícia de gostosura. A caponata é perfeita como um tira gosto agridoce. Leve, fácil e rápida de fazer. Ingredientes: 3 beringelas médias com casca, cortadas em tirinhas 2 cebolas cortadas em rodelas finas 3 dentes de alho picados ¾…

37 anos de casamento – Bodas de Aventurina

É hoje. 37 anos de tudo que faz da vida a dois, a maior de todas as aventuras humanas. Nada de mapas, bússolas, GPS, roteiros ou agendas. A aventura é radical, e única. A jornada, heróica. Obrigada meu amor, por me querer como companheira de uma vida. Pesquisando sobre a pedra que homenageia a boda,…

Preparando a casa para o Natal

Dias atrás alguém me disse que deveríamos estar com a casa arrumada e preparada o ano todo, não concordando com esta história de arrumar a casa para o Natal. Em parte, até concordo. Casa limpa e organizada faz bem pra saúde, pro olhar, pra vida, pra tudo o ano todo. Mas tem que ter equilíbrio, senão…

Lembranças

Cada um tem um jeito diferente de viajar e lembrar da viagem que fez. Tem aqueles que lembram da viagem pelas paisagens, pela companhia, pela comida, bebida, por situações vivenciadas, por compras realizadas. Além das fotos, fatos, filmagens e alguns jantares, o que mais aguça minha memória são os cacarecos que trago dos lugares por…

Adolescer e envelhecer: ciclos que se repetem

Sensibilidade ao toque, ao olhar, no sentir e viver. Um momento de vida, A sensibilidade aranhando a alma. Meno Pausa = menopausa = última menstruação = fim de um ciclo. Antes dela, o Climatério. Soa cemitério. Morte de um ciclo. O renascer se inscreve. Um novo ciclo está por vir. Tempo de encontros e desencontros….

Repaginando o jardim 1

O tempo passou. Conforme tínhamos planejado, arregaçamos as mangas – meu marido e eu – e fizemos o nosso jardim. Nós mesmos. Sem ajuda alguma. Algumas coisas deram certo, outras não. A maioria não deu. Pelo menos, a entrada de serviço – feita com uma seleção de arbustos – ficou exatamente como tínhamos imaginado. Este…

Você sabe ler?

  Pois foi esta pergunta que um oftalmologista me fez. Tinha acabado de lhe responder que meus dias aconteciam entre livros, tintas e outras artes e fiquei sem resposta. Óbvio que eu sei ler respondi ofendida à pergunta estranha. Quero saber se você sabe como ler de forma adequada. Entendi. Quantas horas você lê por…

Ponto de Equilíbrio

Acabei de voltar da ioga. Ando, pra variar às voltas, com dieta e academia. Pra variar também, estou acima do peso, sem perspectivas de emagrecer. O que perco com tortura e sacrifício em 3/4 dias (este tem sido meu tempo de tolerância pra alface e proteína e restrição de carboidratos e doce) recupero numa noite…

Entrevista via Wathsapp + email = Ping Pong

Fazia tempo que não escrevia para jornal. Anos atrás, quando ainda estava na ativa, era comum escrever ou dar algum tipo de depoimento a respeito do tema jornalístico em questão. O tema, agora proposto é o casamento na atualidade. Pra quem for ler, que fique claro tratar-se da opinião de uma psicóloga terapeuta de casais…

Bodas de Cedro

Hoje o dia é de festa: Bodas de Cedro – 36 anos de amor, cuidado, carinho, respeito, dedicação, companheirismo, cumplicidade, vacas magras, vacas gordas, filhos, planos, projetos, sucessos, decepções, viagens … 36 anos de amor a primeira vista e paixão desenfreada, de aventuras radicais e rotinas sacais, de crises e reconciliações … 36 anos de tudo aquilo…