Sobre as velas

Enfim, mais uma temporada produzindo velas. Foram mais de 40 velas, entre pilotos (pra abastecer os candelabros à beira da piscina), velas com sementes, conchas, canelas, flores e folhas, xícaras e potes. É a quinta temporada. Uma vez por ano, reservo uma semana, e me entrego ao calor da parafina, aos tempos e processos que…

Sempre é tempo de aprender

Dias atrás, me emocionei ao ver uma foto de 1975, postada no Facebook, de um curso de fotografia feito na CACT de Estrela/RS. Na época, flertava com o jornalismo. Acabei cursando Psicologia, mas muito do que aprendi naquele curso, uso até hoje. O olhar artístico, as diferentes perspectivas, o enquadre … detalhes que fazem diferença…

Ponto de osso ou ponto de couro

Cretch, cretch, cretch. Ponto de couro. Macio.   Crotch, crotch, crotch. Ponto de osso. Duro. Modelando e acordelando a argila se transforma em coisa. objeto. peça. arte. utensílio. Ganha textura e contextura. Encorpamento e encorpadura. A rigidez do barro desperta força e coragem. Provoca o arrojo da transmudação. Na maciez ou na dureza, ambas sabemos:…

Aula de cerâmica

Fazia algum tempo que vinha namorando e me animando com a possibilidade de fazer cerâmica. O que havia feito até então eram minhocas, bolinhas e panelinhas de argila. Coisa de criança. Depois de anos fazendo scrapbooking e intercalando com mosaico, pintura espontânea e literatura, o curso de Arteterapia foi o primeiro passo. As poucas e…

Ceramicando

Florianópolis é um celeiro de arte e artesanato. Do tipo alternativo, rústico, movido à inspiração, criatividade e sustentabilidade. Anos atrás, tipo 25 anos, fiz um curso de tear, no Mercado Público, no centro da cidade. Foram 3 tapetes com técnicas e cores diversas. E, totalmente tortos. Foram os únicos tapetes de tear que fiz. A…

Cadernos escolares

Durante as férias de verão recebi a visita da minha afilhada. Assim que ela descobriu meu atelier e meus materiais de scrap, foi logo pedindo se eu encaparia os cadernos dela. “Claro que sim” respondi, certa de que seria mamão com açúcar. E foi. Três cadernos em espiral comuns, fitas dupla face, tesoura, restos de papeis…

E, tudo recomeçou com Pollock

O pior do verão é o calor. O melhor, as promoções. E liquidações. Vinha namorando há tempo um livro de arte do pintor americano Jackson Pollock. Qualquer um seria meu suficiente. Em parte, por necessidade. Em parte, por capricho. Queria conhecer a história e a personalidade de Pollock. Queria encontrar uma relação entre a arte…

Agenda 2017

Que tal começar o ano fazendo arte? Fazer uma agenda personalizada é fácil e rápido. Use restos de papeis, adesivos, fitas, bailarinas, fotos, qualquer coisa que vc goste e que possa ser colado. Este é a terceira agenda que faço. O primeiro passo é adquirir a agenda crua. As minhas, consegui em loja de Scrap….

Pinte o 7 em 2017

Que tal “pollockar” em 2017? Você pode não acreditar, mas a técnica de Pollock, além de fácil, é extremamente terapêutica, exclusiva e colorida. Adoro os paineis que pollockei nestes últimos 3 anos. Eles dão vida aos ambientes. E, pelo que parece, todo mundo gosta. Mas antes de arregaçar as mangas que tal conhecer um pouco de Pollock?…

Tinta e poesia

As pessoas sempre me perguntam o que são minhas telas. O que elas – as telas –  representam. Arte não se explica. Se sente. Digo que elas são o que a pessoa quer que sejam. Arte Moderna tem disso. Minha arte – nada mais é – do que um portal para meu inconsciente. Espero sempre…

Aromatizando a casa

E quem não gosta da casa perfumada com cheirinho de mar ou mato, flor ou fruta, semente ou grão? Concordo que nem todo cheiro é bom. Particularmente, evito os adocicados e azedos. Exageros à parte, perfume é sempre uma ótima pedida, inclusive perfume de casa. Morando na beira da praia, onde a umidade do ar…

Aquele armário antigo, uma questão de intuição

Acordei bem cedinho … quase um milagre. Mas era preciso. Depois de uma semana me esgueirando feito um bicho preguiça em férias, chegou a hora de retomar o que ficou pra trás. Você já viu uma casa 100% em ordem? Só em revista ou loja de decoração, casa sem criança, sem bicho, sem arte, sem…

Fazendo velas

Fazer vela é uma atividade que exige algumas aptidões especiais. Talvez a mais importante de todas, seja a atenção, já que o processo envolve riscos de queimaduras graves. Por isso, um olho no fogareiro, outro nas velas. Qualquer descuido, pode ser fogo. Literalmente. Mesmo assim, volta e meia, sobram pingos de parafina a 120 graus…