Das palavras

Palavras tem Poder e Força:

ou nos elevam ao topo do Everest

ou nos arrastam ao abismo mais profundo.

Basta creditar seu lado impessoal,

sua crueza robótica.

Se não ficarmos atentos,

deixamos de ser o que somos

para ser o que elas

– as palavras –

tentam nos convencer a ser;

feia-linda-caprichosa-relaxada-descartável-incompetente-aposentada

empresária-chata-gorda-dona-de-casa-velha-desempregada,

…………………………………………………………………………………………………………………..

Escolha suas palavras

Talvez elas digam o momento

Cultura de uma realidade

Expressão de um tipo de verdade.

Não a verdade verdadeira-inteira.

São espelhos, lentes,

filtros com foco definido

esquecidos da grandiosidade humana.

Se permitir, elas

– as palavras –

roubam nossa alma e nossa história.

Cabe a nós,

colocá-las em seus devidos lugares.

Elas não nos definem,

nos rotulam. Apenas.

Busco a força daquelas

– as palavras –

que me veem como verdadeiramente sou.

Esta força é minha

Este poder, meu.

2 comentários sobre “Das palavras

  1. Lindo texto. Palavras, apesar de tão necessárias, esvaecem com o vento, mas ficam em nossas memórias, pois muitas vezes elogiam, muitas vezes ferem, muitas vezes dizem verdades, muitas vezes, mentiras. Só sabemos qdo são verdadeiras através das atitudes. Acho que sou mais das atitudes.
    Abraço…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s